Descarte das agulhas


Um estudo da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo, divulgado em 2011, revelou que pelo menos um milhão de seringas utilizadas por diabéticos são descartadas diariamente no lixo doméstico comum. O descarte inadequado do material pode contaminar o meio ambiente e ferir os profissionais que trabalham diretamente com o lixo.

As normas e regulamentos relativos à eliminação desse tipo de lixo são diferentes nas cidades e municípios de cada país. O departamento de saneamento básico ou de saúde costumam orientar sobre os procedimentos corretos, mas se não houver regras específicas, vale anotar as orientações:

  • Nunca descastar seringas, agulhas e lancetas no lixo comum.
     
  • Nunca jogar o material no vaso sanitário.

  • Descartar as seringas, agulhas, canetas e lancetas em um recipiente apropriado.
     
  • Quando o Coletor BD de 1 litro ou recipiente estiverem cheios, o paciente deve selá-los e procurar orientação na UBS do seu bairro, como descartar corretamente o coletor.
     
  • Não colocar junto com o lixo reciclável porque os materiais não se encaixam nesta categoria.
     
  • Manter o recipiente de descarte longe de crianças.
     
  • Nunca manipular a seringa usada de outra pessoa.

 

 



Nota Importante: O conteúdo deste site não se destina a ser um substituto para aconselhamento médico profissional, diagnóstico ou tratamento. Não desconsidere o conselho do seu médico ou demora na procura por causa de algo que você leu neste website.

Salvo menção contrária, BD, o Logo BD e todas as outras marcas BD são de propriedade da Becton, Dickinson and Company. © 2014 BD